Procon-PE realiza pesquisa de carnes, queijos e presuntos, em Goiana

 O Procon Pernambuco realizou uma pesquisa inédita, no município de Goiana. Desta vez o órgão de defesa do consumidor levantou os preços de carnes bovina, suína e de frango, além de queijos e presuntos. O documento vem para ajudar o consumidor na hora da compra. O levantamento foi realizado em oito estabelecimentos do município de Goiana.

A pesquisa demonstra que o mesmo produto pode chegar à diferença de 100,04%, como é o caso da carne bananinha. O quilo da peça pode ser encontrado por R$ 55,99 e R$ 27,99. Já na carne suína a maior diferença é o pernil suíno com osso, 67,79%. O consumidor pode encontrar o quilo por R$ 25,99 e R$ 15,49.

Quando a pesquisa vai para as partes do frango, o preço da coxinha da asa é o mais salgado. Uma diferença percentual de 70,60%. O quilo do produto pode ser adquirido por R$ 21,99 e, em outro supermercado, pode ser encontrado por R$ 12,89. Na parte de frios, o queijo prato é o que apresenta maior diferença percentual, 56,79% e o presunto de peru cozido, uma diferença de até 50,96%.

Em janeiro, a mesma pesquisa foi feita na Região Metropolitana do Recife (RMR). E alguns produtos de Goiana são mais caros do que na RMR, como é o caso da carne bananinha. Em Goiana, o quilo pode ser encontrado por R$ 55,99, já na RMR por R$ 44,99.

O Procon pesquisou 25 cortes de carnes bovina, cinco de carne suína, 12 cortes de frango, cinco tipos de queijos e dois de presunto. O diferencial da pesquisa do órgão de defesa do consumidor é que neste levantamento é possível identificar o preço de cada item por estabelecimento, com o nome dos locais e endereços onde o produto encontra-se mais acessível. A pesquisa pode ser encontrada no site do Procon: www.procon.pe.gov.br

PESQUISA