28° C

Governo do estado de
Pernambuco

Notícias

Procon Pernambuco fiscaliza armazéns de construção

Procon Pernambuco fiscaliza armazéns de construção

 

A partir deste mês o órgão realizará pesquisa de preço do setor

O Procon Pernambuco vem recebendo diversas denúncias de que os materiais de construção teriam elevado o preço após o período da quarentena. Para verificar as denúncias, o órgão notificou 25 estabelecimentos, localizados nos municípios de Igarassu, Paulista, Recife, Olinda e Jaboatão dos Guararapes. Através de documentos e notas de compras, os armazéns demonstraram que estão comprando, das fábricas, os produtos com aumento.

Foi constatado que os preços, em alguns locais subiram cerca de 50%. Mas, como apresentado pelos estabelecimentos, as fábricas estão vendendo mais caro e o valor é repassado para o consumidor?, explica o secretário de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico. Ele informa que para dar mais suporte na hora da compra, a partir desse  mês, o órgão irá divulgar uma pesquisa de preço com os produtos mais procurados.

Estamos neste primeiro momento notificando os estabelecimentos para verificar os valores de diversos itens, antes e após a quarentena. Posteriormente, iremos divulgar a pesquisa. Mas, caso não seja identificada uma justificativa plausível do aumento, o estabelecimento poderá ser multado pelo Procon?, pontua Eurico.

Entre os produtos que serão trazidos na pesquisa estão: cimento, tijolo, argamassa, ferro, arame, conexões e material elétrico, a exemplo de cabos e fios.  Além dos preços, o órgão de defesa do consumidor alerta que é preciso estar atendo se os locais também estão cumprindo com os protocolos de higiene e segurança. Caso presencie alguma irregularidade denuncie no órgão através do 0800.282.1512.